A luz desempenha um papel essencial no dia a dia.

Para a visão - Ajudando na percepção do mundo ao redor: revelando formas, detalhes, cores.
E para o bem-estar geral - Controlando o relógio biológico (ciclo de adormecer/despertar, memória, humor, desempenho cognitivo etc.).

Mas a luz também pode provocar o envelhecimento prematuro dos olhos.

Os raios UV são perigosos para os olhos como são para a pele, com efeitos cumulativos que com o tempo aceleram o envelhecimento dos olhos e podem fazer surgir doenças como a catarata.*

O que é Catarata?

Perda de contraste e visão embaçada.

A Luz azul-violeta foi recentemente identificada como sendo prejudicial para as células da retina.Em longo prazo, ela causa danos aos olhos e também pode causar doenças oculares, como a aceleração da ocorrencia da DMRI (Degeneração Macular Relacionada a Idade).

O que é DMRI?

Perda da visão nos pontos centrais que leva a cegueira.

A luz UV e a Luz azul-violeta estão em toda parte.

Em ambientes externos: Em qualquer condição climática: Ensolarado, nublado, chuvoso, etc.
Em ambientes internos: Em todos os lugares.

A sua visão está cada vez mais exposta aos danos provocados pelas fontes de luz artificial.

TVs, computadores, tablets e smartphones se tornaram parte da sua rotina diária: em casa, no trabalho ou durante o lazer. Isso aumenta a exposição dos olhos a luz azul-violeta, presente em fontes de luz com LED e lâmpadas fluorescentes.

Uma descoberta revolucionária: Localização dos comprimentos de onda da luz nociva.

Em 2008, a Essilor se associou ao Institut de La Vision de Paris(1) a fim de investir em um programa de pesquisa avançada para a "defesa da saúde ocular". Com esta parceria, a Essilor deseja oferecer a proteção ocular mais completa contra os efeitos danosos da luz, inclusive da luz HEV

Em 2011, a Essilor e o Institute de La Vision, em Paris, descobriram a faixa exata da luz de 40 nm (415-455nm)(2) que é a luz mais prejudicial para as células retinianas: A Luz Azul-Violeta.


(2)Com sede em Paris, e ligado à Universidade Pierre & Marie Curie, o Instituto da Visão (Institute de La Vision) é considerado um dos maiores centros de pesquisa integrada da Europa sobre a visão e as doenças oculares. 200 pesquisadores e médicos e 15 profissionais da indústria trabalham conjuntamente para descobrir e comprovar novas abordagens terapêuticas e soluções preventivas, bem como tecnologias inovadoras de compensação para limitações da visão.

(1)Experiências in vitro realizadas pela Essilor e pelo Instituto da Visão de Paris. Células do epitélio pigmentar da retina fotossensibilizadas foram expostas por 18 horas a bandas de iluminação de 10nm centralizadas de 380 a 520nm em incrementos de 10nm. As irradiâncias de luz foram normalizadas em relação à luz solar natural que atinge a retina.



Resultado de 20 anos em Pesquisa e Desenvolvimento, as lentes Crizal Prevencia têm uma tecnologia antirreflexo seletiva que permite filtrar apenas a luz UV e azul-violeta, deixando passar a luz visível essencial para o bem-estar geral, preservando as funções visuais (percepção das cores) e não visuais (relógio biológico).

* O uso das lentes Crizal Prevencia deve ser aliado à hábitos saudáveis, pois além da luz nociva outros fatores contribuem para o desenvolvimento da doença como idade, genética, tabagismo, alimentação , sedentarismo e etc.

**As lentes Crizal Prevencia bloqueiam 20% da luz azul-violeta nociva, reduzindo a morte das células retinianas em 25%. A redução da luz azul-violeta pode variar ligeiramente dependendo do material da lente. Em testes in vitro realizados pela Essilor no Institut de la Vision em Paris, células do epitélio pigmentar da retina (EPR) foram expostas à luz azul-violeta, reproduzindo a exposição fisiológica à luz do sol do olho aos 40 anos.